ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Foto: Reprodução / Internet
Quarta-Feira | 03/04/2019
Meningite mata 10 pessoas no Estado, em três meses.

Dez pessoas morreram por causa de meningite no Estado, conforme levantamento divulgado pela Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES-MG), na última segunda-feira (1).

Além disso, o órgão também confirmou que 76 pessoas foram diagnosticadas com a doença. Os casos envolvem todos os tipos de meningites. O levantamento revela que só da doença meningocócica foram confirmados, neste ano, quatro casos e dois óbitos.

A meningite pode ser causada por bactérias, vírus, fungos e parasitas. A doença é caracterizada por um processo inflamatório nas meninges, que envolvem o cérebro e a medula espinhal.

A meningite pode ser transmitida pela saliva ou fezes, dependendo do caso. Se o diagnóstico for precoce, há elevadas chances de cura.

A Secretaria de Estado de Saúde orienta a população a tomar as vacinas para meningite, lavar as mãos com frequência com água e sabão, ou usar produtos para a limpeza das mãos à base de álcool e evitar compartilhar alimentos, bebidas, pratos, copos e talheres.

Algumas vacinas são ofertadas pelo Sistema Único de Saúde (SUS). Para receber o imunizante, é só comparecer à uma Unidades Básicas de Saúde (UBS) da cidade em que reside.

Os sinais e sintomas de meningite podem surgir repentinamente e são caracterizados por febre, dor de cabeça, rigidez ou dor no pescoço, náuseas e vômitos. Mudanças de comportamento como confusão, sonolência e dificuldade para acordar podem também ser sintomas importantes.

No caso de recém-nascidos e lactantes, a doença se manifesta por febre, irritação, cansaço e falta de apetite. Já a forma mais grave da doença, conhecida como meningococcemia, pode ser sinalizada pelo aparecimento de manchas vermelhas ou roxas, pequenas ou grandes, na pele.

Fonte: Portal Amirt