ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Quarta-Feira | 05/12/2018
Modric é o vencedor da Bola de Ouro de 2018

Modric interrompeu por completo a hegemonia de Messi e Cristiano Ronaldo no mundo do futebol. Nesta segunda-feira, o meia croata foi premiado com a Bola de Ouro, prêmio de melhor jogador do mundo concedido pela revista francesa France Football. Em setembro, Modric já havia vencido o The Best, organizado pela Fifa.

Ao vencer a Bola de Ouro, Modric se tornou o primeiro jogador a desbancar Messi e Cristiano Ronaldo desde a primeira conquista do português. Entre 2008 e 2017, CR7 e Messi monopolizaram a disputa pelo posto de melhor do mundo, com cinco conquistas para cada. O último jogador a vencer a dupla foi o brasileiro Kaká, vencedor do prêmio em 2007.

Modric despontou como um dos favoritos à Bola de Ouro ao comandar o Real Madrid na campanha de seu terceiro título seguido da Liga dos Campeões, o 12º no total. Mas foi a Copa do Mundo que colocou o croata como o principal candidato. No mundial na Rússia, Modric levou a surpreendente Croácia à final, na qual acabou superada pela França. O meia, inclusive, foi eleito o melhor jogador do torneio.

Além de Modric, o francês Kylian Mbappe também foi premiado. O atacante do Paris Saint-Germain, que ficou em quarto lugar na premiação geral, conquistou o Troféu Kopa, criado nesta edição para premiar o melhor jogador com menos de 21 anos do futebol mundial.

Neymar não ficou entre os dez melhores jogadores de 2018 segundo a revista francesa France Football. Nesta segunda-feira, o brasileiro ficou na 12ª posição da tradicional premiação Bola de Ouro.

Na premiação feminina, a norueguesa Ada Hegerberg, do Lyon, foi eleita a melhor jogadora do mundo em 2018. Ela foi Vencedora da Liga dos Campeões feminina da temporada 2017-18 com a equipe francesa. A brasileira Marta ficou na quarta posição.

Confira o top 30 da Bola de Ouro
1º: Luka Modric, meia (Real Madrid e Croácia)
2º: Cristiano Ronaldo, atacante (Juventus e Portugal)
3º: Antoine Griezmann, atacante (Atlético de Madrid e França)
4º: Kylian Mbappe, atacante (Paris Saint-Germain e França)
5º: Lionel Messi, atacante (Barcelona e Argentina)
6º: Mohamed Salah, atacante (Liverpool e Egito)
7º: Raphael Varane, zagueiro (Real Madrid e França)
8º: Eden Hazard, atacante (Chelsea e Bélgica)
9º: Kevin de Bruyne, meia (Manchester City e Bélgica)
10º: Harry Kane, atacante (Tottenham e Chelsea)
11º: N'golo Kanté, volante (Chelsea e França)
12º: Neymar, atacante (Paris Saint-Germain e Brasil)
13º: Luis Suárez, atacante (Barcelona e Uruguai)
14º: Thibaut Courtois, goleiro (Real Madrid e Bélgica)
15º: Paul Pogba, meio-campista (Manchester United e França)
16º: Sergio Aguero, atacante (Manchester City e Argentina)
17º: Gareth Bale, atacante (Real Madrid e País de Gales)
17º: Karim Benzema, atacante (Real Madrid e França)
19º: Roberto Firmino, atacante (Liverpool e Brasil)
19º: Ivan Rakitic, meia (Barcelona e Croácia)
19º: Sergio Ramos, zagueiro (Real Madrid e Espanha)
22º: Edinson Cavani, atacante (Paris Saint-Germain e Uruguai)
22º: Sadio Mané, atacante (Liverpool e Senegal)
22º: Marcelo, lateral esquerdo (Real Madrid e Brasil)
25º: Alisson Becker, goleiro (Liverpool e Brasil)
25º: Mario Mandzukic, atacante (Juventus e Croácia)
25º: Jan Oblak, goleiro (Atlético de Madrid e Eslovênia)
28º: Diego Godin, zagueiro (Atlético de Madrid e Uruguai)
29º: Isco, meia (Real Madrid e Espanha)
30º: Hugo Lloris, goleiro (Tottenham e França)

Fonte: Gazeta Esportiva