Goleiro Fábio perde pai na véspera de estreia do Cruzeiro na Libertadores - Clube FM 100.9

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Terça-Feira | 27/02/2018
Goleiro Fábio perde pai na véspera de estreia do Cruzeiro na Libertadores

Uma notícia triste e repentina pegou a todos e, principalmente, o goleiro Fábio de surpresa no final da noite desta segunda-feira, em Buenos Aires. O pai do jogador, José Ramão de Souza Maciel, de 66 anos, conhecido como seu Docão, morreu em Cassilandia, no Mato Grosso do Sul. A informação preliminar recebida pelo GloboEsporte.com foi que seu Docão passou mal em uma caminhada. Entretanto, ainda não foi confirmada a causa da morte.

O goleiro está com a delegação do Cruzeiro em Buenos Aires e recebeu a notícia no fim da noite no hotel em que o clube está hospedado. Fábio mostrou-se muito abalado com a notícia recebida. Integrantes da delegação cruzeirense estiveram no quarto do jogador tentando confortá-lo e acalmá-lo com a triste notícia. O clube mineiro, respeitando a dor do goleiro, deixou nas mãos do camisa 1 a decisão de voltar ou não ao Brasil. Fábio acabou optando por retornar a Belo Horizonte nesta terça. A direção publicou uma nota oficial (veja no fim da nota).

O terceiro goleiro do clube, Lucas França, já foi acionado e chega a Buenos Aires por volta do 12h desta terça-feira para se juntar à delegação. Rafael, reserva imediato de Fábio, deve assumir o gol cruzeirense na partida de estreia. O Cruzeiro já prestou homenagens ao goleiro.

Nesta terça-feira, às 21h30 (de Brasília), o time celeste estreia na Libertadores 2018 diante do Racing, no estádio El Cilindro. O jogo é válido pela primeira rodada do Grupo 5 da competição.

Nota oficial publicada pelo Cruzeiro:
O Cruzeiro Esporte Clube lamenta profundamente a notícia da morte do Sr. José Ramão de Souza Maciel, pai do nosso goleiro Fábio.

O atleta se encontra em Buenos Aires, onde o Clube tem compromisso nesta terça-feira contra o Racing, pela Copa Libertadores.

Fábio está recebendo todo o amparo e suporte necessários neste momento difícil e de extrema consternação.

Ao nosso camisa 1, referência dentro e fora de campo, nossos sinceros sentimentos e um abraço fraterno.

Fonte - globoesporte