ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Sexta-Feira | 01/09/2017
Uberlândia ultrapassa os 100 dias sem chuva, aponta Inmet

Uberlândia completou nesta sexta-feira (1º) 104 dias sem chuva e o tempo deve permanecer ao longo da semana, segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), já que não há previsão de chuvas para os próximos dias. Desde 1991, a segunda maior cidade de Minas Gerais não registra um período de seca tão longo, aponta o climatologista e professor da Universidade Federal de Uberlândia (UFU) Paulo Cezar Mendes.
A última chuva registrada em Uberlândia foi no dia 20 de maio deste ano, com um volume de 25,8 milímetros (mm) de água.

O meteorologista do Inmet Claudemir Azevedo explica que a falta chuva na região é decorrente de uma massa de ar seco que se estabeleceu sobre o Triângulo Mineiro. Devido também a essa característica climática, considerada comum durante o inverno na região, o ar está mais seco.

Estado de emergência
De acordo com o Inmet, Uberlândia teve na quarta-feira (30) o menor índice de umidade relativa do ar do ano. O Laboratório de Climatologia e Recursos Hídricos da UFU registrou que a umidade relativa do ar ficou em 10% entre 16h e 17h, índice que coloca a cidade em estado de emergência, conforme classificação da Organização Mundial da Saúde (OMS).

A maior temperatura do ano também foi registrada na quarta-feira, quando os termômetros marcaram 33,9°C às 16h. Nesta quinta-feira (31), a temperatura permaneceu alta e registrou 33,8°C às 14h.

Ainda de acordo com o climatologista Paulo Cezar Mendes, choveu uma média de 300 mm nos primeiros oito meses de 2017. A expectativa é que volte a chover durante o mês de setembro.

"Historicamente, nós nunca ficamos sem chuva em setembro, que, geralmente, chove cerca de 70 a 80 mm. Então, nas próximas semanas, provavelmente teremos aumento na umidade relativa do ar", avalia Mendes.

Fonte - G1